Diferença entre juros simples e juros compostos
0

Diferença entre juros simples e juros compostos


Atualmente muito se fala na importância de conhecer os juros compostos para que os números trabalhem a seu favor. Mas você sabe o que isso significa?

Vamos do começo...
Primeiro vamos relembrar o conceito de juros: os juros são o valor cobrado pelo empréstimo de recursos (capital ou outro item). Este valor é calculado utilizando-se um percentual sobre o valor emprestado em determinado período. A matemática financeira nos apresenta duas formas de calcular o valores destes juros, por meio dos juros simples ou dos juros compostos.

Juros simples

Os juros simples são calculados baseados em uma porcentagem sobre o valor inicial emprestado, enquanto nos juros compostos, esta porcentagem incide sobre o montante de cada período. Para entendermos melhor, vamos utilizar o seguinte exemplo: você empresta para um colega o valor de R$ 10.000,00 que serão divididos em 12 parcelas iguais a uma taxa de 2% a.m. Isso significa que ele pagará mensalmente o valor de R$ 850,00. Para chegarmos neste valor dividimos o valor emprestado pelo número de parcelas e adicionamos o valor dos juros (10.000/12) + 2% sobre os 10.000,00. Esta é a formula utilizada para calcular os juros simples. Mas como nada é perfeito, este tipo de juros é geralmente utilizado em empréstimos entre amigos e familiares.

Diferença entre juros simples e juros compostos

No mercado, as operações financeiras utilizam os juros compostos. Então vamos entender como eles funcionam!

Juros Compostos

Diferente dos juros simples, os juros compostos tem seu cálculo baseado não apenas sobre o valor emprestado, mas também sobre o montante obtido nos períodos anteriores. Vamos trabalhar com o mesmo exemplo do empréstimo de 10.000,00 para entendermos melhor. No primeiro mês o juros serão calculados sobre o valor inicial (10.000) + 2% (200,00), resultando um montante de R$ 10.200,00. No segundo mês o juros serão calculados sobre o montante de R$ 10.200,00 + 2% (204,00), resultando um montante de R$ 10.404,00. No terceiro mês o juros serão calculados sobre o montante de R$ 10.404,00 + 2% (208,08), resultado um montante de R$ 10.612,08. E assim por diante até chegarmos no 12º mês, que resultará em R$ 12.682,42!

Diferença entre juros simples e juros compostos

Agora fica mais fácil perceber a diferença dos juros simples e dos juros compostos, certo? Avaliando os dois empréstimos, percebe-se que na proposta de juros simples o valor total dos juros é de R$ 200,00, enquanto nos juros compostos o valor cresce 241%!

O exemplo utilizado para essa explicação foi fictício, porém neste post faço uma simulação de um investimento, para analisarmos a aplicação dos juros compostos e como eles podem nos beneficiar.

Gostou do post? Ficou com alguma dúvida? Use os comentários para contar o que achou e compartilhe essa informação com seus amigos! Até mais!

Sobre a autora

Paloma Barbosa

Mineira, 24 anos, mãe, formada em Administração. Cursando MBA em Auditoria, controladoria e finanças.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

Obrigada por comentar, seu comentário será postado logo!
Ocorreu um erro, por favor me mande um email para eu saber o que está acontecendo :)