Como melhorar o fluxo de caixa da empresa com 10 dicas

Como melhorar o fluxo de caixa da empresa? Uma das coisas mais importantes que um administrador deve entender, é saber da importância que o fluxo de caixa tem para a empresa.

Em outras palavras, o fluxo de caixa mostra a saúde financeira da empresa, é através dele que todas as decisões futuras serão tomadas.

Além disso, ter um fluxo de caixa ruim, pode ser um sinal de que a sua administração pode estar fora dos trilhos e isso irá comprometer o futuro da empresa. 

Por isso, se você quer saber como melhorar o fluxo de caixa, continue a leitura.

Como melhorar o fluxo de caixa da empresa?

Agora, preparamos 10 dicas para você de como melhorar o fluxo de caixa do negócio. Confira!

Como melhorar o fluxo de caixa da empresa com 10 dicas

1 – Observe o fluxo de caixa diariamente

Em primeiro lugar, para saber como melhorar o fluxo de caixa, é preciso entender o que acontece no dia-dia da empresa.

Então, faça uma análise do fluxo de caixa diariamente, isso te ajudará a prever qualquer problema que aparecer em cima da hora.

Ou seja, você deve coletar os dados e colocá-los em uma planilha simples de fluxo de caixa, contabilizando o período semanal.

Dessa forma, você irá saber dos mínimos detalhes em relação ao fluxo de caixa diário da empresa. Contudo, as planilhas são encontradas de graça na internet. 

2 – Anote todas as movimentações

Antes de mais nada, você deve estar ciente de todo dinheiro que sair ou entrar do caixa. Bem como, registrar todas as movimentações financeiras da empresa.

Dessa forma, através dos registros, uma análise profunda do fluxo de caixa poderá ser feita.

Portanto, faça a coleta dos dados e crie relatórios ou use relatórios prontos de planilhas de fluxo de caixa que você encontrar na internet.

3 – Coloque as movimentações em categorias diferentes 

Acima de tudo, na hora de colocar os dados em uma planilha de fluxo de caixa, é fundamental fazer a separação dos dados em categorias.

Nesse sentido, será mais fácil entender e organizar os tipos de gastos, quais suas origens, em qual área foi mais positiva e qual foi mais negativa, qual produto específico vendeu mais ou menos.

Logo, isso vai te dar um grande controle sobre o seu fluxo de caixa.

4 – Organize Seu estoque

De antemão, organizar a estrutura do fluxo de caixa te ajuda a controlar o seu estoque de produtos.

Ou seja, te ajuda a saber quando será necessário investir mais em produtos e entender quais os gastos que a sua empresa tem.

5 – Tenha em em mente que: venda nem sempre é recebimento

Desde já, é importante prestar atenção no fato de que movimentação financeira é apenas quando o valor já é recebido.

Então, a contabilização de vendas a prazo não deve ser feita no fluxo de caixa.

6 – Tenha uma visão realista

A princípio, na hora de montar sua planilha de fluxo de caixa é importante que os dados sejam baseados na situação atual da empresa e do mercado.

Assim, quando o mercado estiver em baixa você deve estar preparado para enfrentar isso, e assim poder almejar um fluxo de caixa mais positivo no futuro.

7 – Pense no Curto prazo 

Sobretudo, contabilize suas movimentações mensais do fluxo de caixa, compare com os outros meses do ano e baseado nisso faça planejamentos para os próximos meses.

Assim, você ficará ciente dos possíveis problemas que aparecerem e assim e impedi-los.   

8 – Longo prazo

Através da análise do fluxo de caixa ao longo do ano, é possível fazer uma projeção para os próximos períodos.

Dessa forma, você adequa a sua gestão de fluxo de caixa para enfrentar as possíveis adversidades que aparecem e a fazer um planejamento para os próximos anos. 

9 – Compare seu fluxo com controles menores

Se compararmos o fluxo de caixa com outras formas de controle financeiro, veremos que ele tem um destaque maior no quesito de ser um instrumento.

Por exemplo, pode se usar ele para melhorar a cobranças de clientes devedores e a fazer uma organização melhor desses dados através de programas de fluxo de caixa.

10 – Tenha um sistema para gestão financeira

Antes de mais nada, usar um sistema de fluxo de caixa, pode te ajudar muito nesse processo de organização e controle no fluxo de caixa.

Ao passo que, através do processo se torna mais fácil e dinâmico. Além disso, ao analisar os dados se torna muito mais simples para tomar decisões no futuro.

Então, basta você adquirir um desses programas de fluxos de caixa e você verá todas as movimentações financeiras e evitará ao máximo todo tipo de prejuízo.

Por último, caso você queira experimentar um desses programas sem pagar nada, existe sistemas de fluxo de caixa gratuitos na internet. 

Conclusão

Em conclusão, a palavra chave para melhorar seu fluxo de caixa é organização, anotar todos os processos e entender a função de cada um e como eles influenciam no resultado final.

Dessa forma, isso vai te dar uma visão geral sobre tudo e com isso você poderá tomar suas decisões de uma forma mais confiante e tendo a completa consciência do que está fazendo, ao dar o próximo passo.     

E então você gostou do conteúdo? Faltou algo importante? Você tem alguma sugestão? Deixe ai nos comentários, também e veja os outros conteúdos que nós temos por aqui.

Ideias e Finanças

Ideias e Finanças

O Ideias e Finanças tem como propósito levar a informação a respeito de empreendedorismo e finanças para pessoas de todo o Brasil

Outros artigos

Você pode ter interesse em:

Veja como organizar as finanças do seu negócio

Veja como organizar as finanças do seu negócio

Doar dinheiro: como isso é importante para o investidor?

Doar dinheiro: como isso é importante para o investidor?

Pix Saque e Pix Troco: Saiba Como Eles Funcionam

Pix Saque e Pix Troco: Saiba Como Eles Funcionam

O que considerar antes de alugar uma casa?

O que considerar antes de alugar uma casa?