Ideias e Finanças

Se você é um investidor e deseja receber os proventos das suas ações, é fundamental ficar atento aos calendários de distribuição das empresas. Isso porque, para receber os proventos, é necessário comprar as ações até a data-com. Mas como saber quando é essa data? Neste artigo, vamos apresentar dicas de como conferir agendas de distribuições e ficar sempre atualizado sobre os prazos para a compra de ações.

Os investidores que possuem ações de empresas listadas na bolsa de valores precisam acompanhar os calendários de distribuição de pagamentos da empresa, que podem ocorrer em datas diferentes, dependendo do tipo de provento. E é aqui que entram dois conceitos chave para o investidor de sucesso:

O que este artigo aborda:

Como conferir agendas de distribuição?
Como conferir agendas de distribuição?
Pin It

A Data-Com e a Data-EX

Dois conceitos importantes a serem considerados são data-com e data-ex. A data-com é a data limite para que o investidor compre a ação e tenha direito a receber o provento. Já a data-ex é a data em que a ação começa a ser negociada sem o direito de receber o provento. Em outras palavras, quem compra a ação após a data-ex não terá direito ao recebimento do provento.

É importante que o investidor fique atento a essas datas, uma vez que a distribuição de proventos pode representar uma fonte de renda adicional na sua carteira de investimentos. Além disso, é necessário estar atento à tributação dos proventos, que pode variar dependendo do tipo de provento e do volume de recursos recebidos.

Para receber os proventos, o investidor deve estar atento às datas-com e realizar a compra das ações até esse prazo. Em alguns casos, os proventos podem ser reinvestidos automaticamente na compra de novas ações da empresa, sem a necessidade de o investidor solicitar o pagamento em dinheiro. No entanto, mesmo nesses casos, é importante acompanhar os calendários de distribuição e as datas-com, para garantir que a ação seja adquirida no momento correto.

Compre sempre com dois dias úteis de antecedência

O funcionamento da B3 garante que os ativos demorem 2 dias úteis para chegar até a conta de alguém – e isso é essencial para o investidor que está de olho nas distribuições de uma ação ou cota de FII.

Acontece que a Data-Com, a data a partir da qual a posse de um ativo da garantia de rentabilidade, só vale para quem detinha os ativos em conta. E apesar de muitos home brokers confundirem o investidor, depois que o dinheiro sai da conta o ativo só entra em posso do investidor dois dias depois – quando a titularidade passa a ser sua.

Considere um fundo de investimentos que faça distribuições todo dia 15 de cada mês, e tem como data-Com, o dia 7. Caso o dia 7 caia em um domingo, o investidor precisa ter os ativos na sexta-feira anterior (no caso, um dia 5). E, para isso, não basta comprar o ativo no dia 5 – pois, se o fizer, só terá o ativo em conta a partir do dia 9 (já que 8 e 9 seriam os dois próximos dias úteis) e consequentemente ele pegaria o ativo com valor baixo.

É aqui que a regra dos dois dias úteis entra – e é onde ela se torna uma virada de jogo.

Como conferir a data de distribuição

Existem diversas maneiras pelas quais um investidor pode se manter atento à data-com de uma ação, que é a data limite para que um investidor possua os papéis para ter direito aos proventos. Algumas opções incluem:

  • Site da própria bolsa de valores: A B3, por exemplo, tem uma seção específica em seu site que permite que os investidores vejam as datas de pagamento de dividendos e outras informações relevantes.
  • Home brokers: As plataformas de investimento online também costumam ter informações sobre as datas de pagamento de proventos, bem como alertas que podem ser configurados pelos próprios investidores.
  • Portais financeiros: Existem diversos portais financeiros que oferecem informações sobre as datas de pagamento de proventos, como o Status Invest e o Suno Notícias, por exemplo.
  • Informes das próprias empresas: As empresas geralmente publicam informes ao mercado com as datas de pagamento de proventos, e esses documentos ficam disponíveis no site da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Além disso

É importante lembrar que a data-com é apenas uma das datas relevantes para os investidores que desejam receber proventos. Também é preciso estar atento à data-ex, que é a data em que as ações começam a ser negociadas na bolsa sem direito aos proventos. Normalmente, a data-com é alguns dias antes da data-ex, para garantir que os investidores que compram as ações após a data-com não recebam os proventos.

Ao acompanhar as datas-com e data-ex, os investidores podem se planejar melhor para receber proventos e aumentar seus rendimentos. É importante lembrar que os proventos são tributáveis e estão sujeitos a alíquotas de Imposto de Renda que variam de acordo com o tipo de provento e o valor recebido. Por isso, é importante se informar sobre a tributação e como declarar esses valores na declaração de Imposto de Renda.

Artigos relacionados:

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

Ideias e Finanças

O Ideias e Finanças tem como propósito levar a informação a respeito de empreendedorismo e finanças para pessoas de todo o Brasil

whatsapp sharing button
facebook sharing button
pinterest sharing button
twitter sharing button
sharethis sharing button

Pode ser do seu interesse