O que precisa para comprar um apartamento?

Pensando em comprar um apartamento? Então, é fundamental que você saiba todos os custos que envolvem o processo de compra. Ao contrário do que muitos pensam, os gatos com esse tipo de investimento não incluem apenas a entrada e as parcelas do imóvel.  

É isso mesmo! Os custos da compra de um apartamento também englobam despesas com impostos, documentação, mudanças, possíveis reformas, dentre outros. 

Quer saber mais sobre o assunto? Então, continue a leitura.

1. Valor da entrada do financiamento

Se decidir realizar um financiamento imobiliário para pagar o seu apartamento, saiba que geralmente os bancos cobrem até 80% do valor do imóvel. Isso significa que você terá que arcar com uma entrada de no mínimo 20%. 

O valor da entrada é definido com base na renda familiar e no preço da propriedade. Ah, vale lembrar que quanto maior a entrada, melhores as condições para o parcelamento do restante.

O que precisa para comprar um apartamento?

Outro ponto importante que você deve saber para se planejar é que as prestações da parte financiada não podem comprometer mais de 30% da renda mensal da família. 

2. ITBI 

O ITBI (Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis) também é um custo que entra na lista de gastos quando o assunto é compra de apartamento. 

Esse imposto é a taxa municipal referente à compra de um imóvel. O ITBI é cobrado pela prefeitura sempre que alguém realiza a compra de uma propriedade imobiliária. 

Você está curioso para saber quanto vai pagar, não é mesmo? A alíquota varia de acordo com o município, mas, geralmente, custa entre 2% e 5% do valor do imóvel. 

3. Registro do Imóvel 

A compra de imóveis também inclui gastos com o registro da propriedade. Se você está se perguntando o que é registro de imóveis, a gente explica! Esse documento, emitido no Cartório de Registro de Imóveis, nada mais é do que a comprovação  – perante a lei – de quem é o proprietário do apartamento. 

Para saber quanto deve pagar, pesquise como a taxa do Registro do Imóvel é calculada no seu estado. 

4. Escritura Pública

Você vai pagar seu apartamento à vista? Se a resposta para essa pergunta foi não, você não precisa se preocupar. Esse custo só deve ser levado em consideração por quem deseja realizar o pagamento do imóvel à vista. No caso do financiamento imobiliário, o contrato do órgão que financiará a compra já vale como uma escritura. 

Agora, se você pretende pagar o apartamento à vista, é importante pesquisar bem sobre o custo de uma escritura de imóvel, pois os valores podem variar de acordo com o estado e também de acordo com o preço do imóvel. 

5. Manutenção e reformas

Uma coisa que pouquíssimas pessoas pensam é no gasto com manutenção e reformas. Você deve considerar isso na sua lista de custos, pois mesmo que o apartamento seja novo, sempre há algum reparo para ser feito. Pode ser um simples ajuste para adaptar o local às suas necessidades, por exemplo. 

Os valores variam muito, tudo vai depender da mão de obra, material, tempo e tamanho da reforma. Ainda é preciso levar em conta os imprevistos, como um encanamento entupido.

Atenção para as dicas: entre em contato com mais de um profissional, é importante ter opções de orçamento para escolher o que se adequa às suas possibilidades. Além disso, converse com seus colegas, amigos e familiares para solicitar indicações de pessoas que realizam esse tipo de trabalho. Com a indicação de um bom profissional, você garante um resultado de qualidade. 

6. Comissão do corretor

Se a compra do seu apartamento for intermediada por uma imobiliária ou um corretor de imóvel, é provável que você tenha que pagar uma taxa de corretagem.

Você sabia que a comissão do corretor não tem valor fixo pré-determinado? Isso porque, em 2018, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) proibiu o tabelamento dessa taxa. 

Você pode conferir os valores de referência no site do Creci (Conselho Regional de Corretores de Imóveis). Busque por essa informação no Creci do seu estado. 

Agora que você já sabe quais são os principais custos que terá na compra do seu apartamento, continue pesquisando e faça um planejamento detalhado para evitar transtornos. A compra de um imóvel deve ser um momento feliz e, mesmo com as burocracias necessárias, deve acontecer com o máximo de tranquilidade possível.

Ideias e Finanças

Ideias e Finanças

O Ideias e Finanças tem como propósito levar a informação a respeito de empreendedorismo e finanças para pessoas de todo o Brasil

Outros artigos

Você pode ter interesse em:

O que você precisa saber sobre investimento

O que você precisa saber sobre investimento

Quanto devo investir para montar uma assistência técnica de eletrodomésticos?

Quanto devo investir para montar uma assistência técnica de eletrodomésticos?

Por que investir em imóveis é sempre a melhor opção?

Por que investir em imóveis é sempre a melhor opção?

Como viver de renda: 5 dicas infalíveis para quem vai começar

Como viver de renda: 5 dicas infalíveis para quem vai começar

Porque as Pessoas Compram ações?

Porque as Pessoas Compram ações?

Qual o significado do termo estagflação?

Qual o significado do termo estagflação?