Fluxo de caixa: entenda a sua importância e saiba como implementar

Fluxo de caixa: entenda a sua importância e saiba como implementar

Todas as empresas buscam o crescimento e expansão no mercado de negócios, mas mesmo as mais organizadas e que já estão a mais tempo no mercado, já cometeram erros ou tiveram de aprender como funciona o fluxo de caixa de uma organização.

Seguindo essa linha de raciocínio, o texto de hoje irá abordar a importância e o impacto que uma boa gestão deste fluxo pode causar em uma empresa, mostrando o passo a passo de como estabelecer um e algumas vantagens da utilização efetiva do mesmo.

Muitas pessoas ao redor do mundo possuem o sonho de começar a empreender, abrir o seu próprio negócio e fazer o que gosta, além de ver o seu trabalho de longos anos tomar forma e tamanho, criando mais autoridade e relevância no mercado.

Mas nem todas essas pessoas estão cientes ou sabem o tanto de tarefas, problemas, demandas e ações que são necessárias para se manter uma empresa. Mesmo as que se formam e entendem sobre serviços de contabilidade admitem essa dificuldade.

Mexer com dinheiro é uma tarefa extremamente delicada e que deve ser muito bem pensada, imagine então compreender e saber distribuir todo o dinheiro de uma empresa. E quanto maior e mais influente, mais difícil se torna a tarefa.

Por esses e outros motivos que a utilização de um fluxo de caixa é essencial para manter todas as finanças da empresa de modo organizado, além de entender para qual destino cada centavo nela investido está indo.

Mas, você sabe o que é um fluxo de caixa e como implementar um em sua empresa de advocacia? A resposta dessa e de muitas outras perguntas podem ser conferidas nos tópicos a seguir.

Fluxo de caixa o que é?

Antes de nos aprofundarmos no assunto, é importante entender o que é um fluxo de caixa e qual o impacto que ele pode causar no dia a dia de sua empresa.

De forma simples e bem direta, o fluxo de caixa é uma ferramenta utilizada pela sua organização que aponta detalhes de todo dinheiro que entra e sai dela, como as finanças e despesas. Ou seja, é um conjunto de informações de onde está o dinheiro do negócio.

Isso engloba todos os gastos da empresa, desde as cadeiras de escritórios compradas para determinado setor até mesmo a mais nova máquina de alinhamento da companhia. Essas informações auxiliam diretamente na tomada de decisões de seu negócio.

Com esses indicadores de gestão em mãos, a empresa consegue tomar decisões e se planejar para uma grande aquisição, ou até mesmo economizar até que as suas dívidas diminuam e ela esteja em uma situação mais propícia.

Com isso, podemos destacar alguns dados necessários para que o fluxo de caixa financeiro seja efetivo e a sua consultoria contábil não precise ficar procurando onde cada valor foi gasto, desperdiçando tempo e dinheiro, como:

  • Saldo disponível diariamente da empresa;
  • Saldo de entrada;
  • Gastos fixos;
  • Pagamentos diversos.

Com essas informações em mente fica muito mais simples de entender qual o objetivo e como o fluxo de caixa pode impactar em seu negócio. 

Quanto mais controle de informações sua empresa tiver, melhor ela se sairá em criar e desenvolver estratégias que sejam úteis para o seu dia a dia.

Fluxo de caixa como fazer?

Agora, tão importante quanto saber o que é um fluxo de caixa e porque ele é essencial para a sua fábrica de válvulas de segurança, saber como implementá-lo é igualmente importante. Para ficar por dentro de como fazer isso, confira os tópicos a seguir.

1 – Se organize primeiro

Primeiramente, é necessário organizar a casa e entender como está o seu saldo atualmente. Para isso, movimente o seu financeiro e entenda quanto que a empresa ganha e gasta no momento, ou seja, verifique o seu saldo inicial.

Após isso, estipule um tempo para que os lançamentos sejam feitos, tanto de dívidas quanto de pagamentos, fazendo assim com que tenha uma média de ganhos e despesas. Esse tempo pode ser mensal, trimestral ou até semestral, dependendo de sua necessidade.

2 – Saiba de suas dívidas e de seus pagamentos

Agora que você já entende a importância do fluxo de caixa, é importante entender para onde está indo o dinheiro e dividi-lo em categorias para facilitar a organização e ficar muito mais simples de, por exemplo, investir em um novo autotransformador para sua empresa.

Saber a data em que cada despesa vence, quando cai os pagamentos, se é algo fixo, variável ou trimestral é parte de sua tarefa neste ponto do processo, ajudando então a organizar todo o seu fluxo de caixa mensal e fazendo-o mais efetivo.

3 – Realize o controle de tudo

No período estipulado para realizar o fluxo de caixa, é importante registrar todo e qualquer valor que entre ou saia da conta de sua empresa. Isso te dará muitas informações referentes a média de valores que seu negócio gasta e ganha durante esse tempo.

Registre também a previsão de recebimento e previsão de gastos, isso ajuda a sua empresa a se preparar para possíveis valores que possam sair da sua conta ao longo do trimestre, como a compra de um novo sensor de nível.

Tudo que entra e sai de sua empresa tem algum impacto, e futuramente, dependendo do valor de saída ou entrada de capital, será ou não possível realizar um investimento para os seus negócios.

Porém, não é uma tarefa simples para o seu departamento financeiro, mas os outros também devem estar cientes e serem reeducados para ter esse tipo de atitude, ajudando a empresa a conseguir essas informações de forma mais assertiva possível no fluxo de caixa diário.

4 – Use a tecnologia a seu favor

A tecnologia está aí para todos e deve ser utilizada em prol da sua empresa, portanto, busque por um sistema que unifique todos esses valores e atualize sempre que alguma alteração for feita, facilitando na tomada de decisões de compra de um novo contador de fluxo, por exemplo.

Existem diversos sistemas que integram esses valores, cabe apenas pesquisar o que melhor se adequa a sua estratégia de negócios. Como, por exemplo, um fluxo de caixa planilha.

Porque fluxo de caixa é importante?

Assim como qualquer decisão empresarial, utilizar o fluxo de caixa em sua empresa traz algumas vantagens e benefícios, sejam eles relacionados ao capital, otimização de tempo e espaço, ou maior relevância e autoridade no meio de atuação.

Quando pensamos no fluxo de caixa em si, a primeira grande vantagem que pode ser destacada e que é bastante útil no dia a dia do seu negócio, é o controle total de suas finanças, ou seja, o conhecimento de onde elas estão sendo investidas.

Esse tipo de situação permite se planejar para futuros investimentos e se prevenir de grandes perdas que a sua empresa possa ter, além de um controle muito melhor de informações, algo vital para os negócios no dia de hoje.

Outro benefício é a constante informação se a empresa está passando ou está próxima de passar por um período de folga no orçamento, ajudando a prevenir crises que podem ser muito prejudiciais para a sua organização.

Com as informações sobre o seu controle financeiro, a tomada de decisões sobre mudanças radicais, e também as que não impactam tanto, fica um pouco mais fácil e direcionada, diminuindo ao menos um dos aspectos pensados para alguns riscos.

Além disso, esse tipo de situação permite análises muito mais detalhadas dos investimentos tão citados ao longo do texto, sem mencionar que quando se tem as finanças organizadas, é possível diminuir consideravelmente a chance da empresa perder dinheiro.

E perder dinheiro significa esquecer de cobrar alguns clientes sobre suas dívidas, parcelamentos ou contratos. Afinal, são muitas pessoas e quem sabe até empresas que podem deixar de realizar um pagamento, prejudicando o seu negócio.

Com o fluxo de caixa otimizado e bem organizado, é muito mais simples prever esse tipo de situação e estar sempre um passo à frente, evitando qualquer dano mais grave.

Conclusão

O texto de hoje te contextualizou sobre a importância de um fluxo de caixa, qual o impacto que ele pode trazer para o seu negócio e como fazer para implantá-lo em sua empresa, além de mostrar alguns benefícios e vantagens que podem ser adquiridas com o mesmo.

Quanto mais informações sua organização ou comércio tiver de como está gastando o seu dinheiro, com o que e em quais datas permite evitar muitos problemas que não são necessários, como pagar juros por falta de organização, fazendo com que a empresa perca dinheiro.

Portanto, agora que já está por dentro de como as coisas funcionam, resta começar a pensar em quando irá aplicar esse conceito em seu negócio, utilizando e explorando ao máximo as dicas e orientações disponibilizadas ao longo deste texto.

Ideias e Finanças

Ideias e Finanças

O Ideias e Finanças tem como propósito levar a informação a respeito de empreendedorismo e finanças para pessoas de todo o Brasil

Deixe o seu comentário! Os comentários não serão disponibilizados publicamente

Os comentários estão fechados.

Outros artigos

Empreender com vidraçaria

Empreender com vidraçaria

Quer empreender com vidraçaria? Confira essas dicas! A margem de lucro dos serviços de uma vidraçaria são excelentes, e, podem ser ainda maiores caso v...

Ler artigo
Como funciona um consórcio?

Como funciona um consórcio?

Alguns sonhos parecem impossíveis de alcançar, principalmente quando exigem grandes quantias de dinheiro. É nessas situações que um consórcio pode ser a solução ide...

Ler artigo

Otimizado por Lucas Ferraz.