Como estimar o valuation da minha startup?

Criar um projeto do zero, vê-lo crescer no mercado e se valorizar é algo que muitos empreendedores sonham. Por isso, nos últimos anos, surgiram muitas startups no mercado brasileiro. Para entender esse crescimento, é importante aprender a calcular o valuation, o valor de um negócio. 

No mercado atual, as startups são as empresas mais atrativas do momento. Uma ideia inovadora tem valor e é importante saber o quanto ela vale. Essa também pode ser uma estratégia para atrair investimentos e chamar a atenção do mercado. 

O que é valuation?

A palavra “valuation” em português significa “avaliação de empresas”. Basicamente, o valuation seria o valor da empresa. O cálculo do valuation estima o preço de uma startup no mercado, apontando seu valor presente e o que ele pode representar no futuro. 

Para definir o valor de uma empresa, diversos fatores são levados em consideração. Existem diferentes métodos que são usados para calcular o valuation, falaremos sobre eles mais a frente. 

Antes disso, é importante explicar por que calcular o valuation de uma startup pode ser crucial para atrair investidores e potencializar uma ideia inovadora. 

Como estimar o valuation da minha startup?

Qual é a importância de calcular o valuation de uma startup? 

O conceito de valuation é o cálculo de valor de uma empresa. No caso de novas startups, o cálculo do valor de mercado é ainda mais importante, porque essas empresas, geralmente, possuem pouco tempo de atuação no mercado, pouco histórico financeiro e, com isso, o cálculo do valuation se utiliza de dados mais subjetivos. 

Já em casos de startups num estágio mais avançado, o valuation é importante para que a empresa consiga mostrar a sua valorização no mercado. Nesses casos, o valuation é importante para atrair maiores volumes de investimentos para a ampliação de projetos. 

Há três métodos que são utilizados para calcular o valuation de uma startup. Depois de mostrar a importância de saber o valor de uma startup, vamos explicar quais são as melhores formas de chegar ao valor de mercado de uma empresa. 

Como calcular o valuation de uma startup? 

Como vimos no tópico acima, o cálculo do valuation de uma startup pode considerar diversos fatores, de acordo com o seu estágio e com as suas pretensões de mercado. Abaixo falaremos sobre os três métodos de cálculo de valuation:

Total de ativos + lucro líquido 

O primeiro método de cálculo é bem simples. Ele consiste na soma do lucro líquido da empresa e do total de ativos que ela possui. Então, para calcular o valuation nesse caso, basta somar os ativos e os lucros líquidos do balanço financeiro mais recente de sua startup. 

Mas o que pode ser considerado como ativo de uma startup? Confira abaixo:

  • Dinheiro em caixa nas contas bancárias; 
  • Pagamentos a receber; 
  • Matéria-prima;
  • Equipamentos;
  • Mercadorias; 
  • Aplicações financeiras de curto prazo;
  • Imóveis. 

Esse método é bastante recomendado para startups de pequeno porte, que têm pouco tempo de atuação no mercado e poucos sócios. 

Base zero 

Outro método de cálculo bem simples é o “base zero”. Para calculá-lo é bem fácil, basta responder à pergunta: quanto dinheiro um empreendedor precisaria ter para começar uma empresa do zero, com características e segmentos semelhantes à sua startup? 

E para responder essa pergunta, você deve somar os valores de todos os ativos tangíveis que a startup possui. Todo o investimento que já tiver sido feito no negócio ou que está aplicado deve ser considerado nessa conta.

Some todos os investimentos já realizados a todo maquinário, matéria-prima, funcionários, produtos em estoque, impostos e taxas já pagos ao longo da atuação da startup no mercado. Esse será o valuation do seu negócio. 

Venture Capital 

Esse é o método mais complexo entre os três. O método de Venture Capital é bastante usado por startups que já estão consolidadas no mercado. Em um estágio mais avançado, startups precisam buscar investidores para financiar a ampliação do negócio. 

Com mais tempo de mercado, startups podem compilar dados mais confiáveis de sua atuação. É importante definir um período de médio e longo prazo para mostrar aos investidores o quanto eles devem receber no futuro por seus investimentos. 

Por isso, é importante ter em mãos informações como o volume de investimento que será feito na empresa nos próximos anos, a estimativa de faturamento, a projeção de margem líquida e a receita para o ano de resgate do investimento. 

Conclusão

Essas são as melhores formas para calcular o valuation de uma startup. Saber o valor da empresa é importantíssimo para o seu crescimento no mercado, tanto para estimar o momento atual como para projeções de futuro e atração de investidores para o negócio.

Ideias e Finanças

Ideias e Finanças

O Ideias e Finanças tem como propósito levar a informação a respeito de empreendedorismo e finanças para pessoas de todo o Brasil

Outros artigos

Você pode ter interesse em:

Como emitir nota fiscal eletrônica

Como emitir nota fiscal eletrônica

Qual é a importância de um cronograma financeiro para uma empresa?

Qual é a importância de um cronograma financeiro para uma empresa?

Descubra 5 aplicativos para controle financeiro

Descubra 5 aplicativos para controle financeiro

Como economizar dinheiro na sua empresa?

Como economizar dinheiro na sua empresa?

Gestão financeira para pequenas empresas: 6 erros mais comuns

Gestão financeira para pequenas empresas: 6 erros mais comuns

Fluxo de caixa: entenda a sua importância e saiba como implementar

Fluxo de caixa: entenda a sua importância e saiba como implementar