O que é outplacement e como implantar na empresa

Em 2022, ainda estamos sofrendo os impactos causados pela pandemia do novo coronavírus.

Muito além das consequências na saúde e no convívio social, a covid-19 afetou a economia de forma muito significativa, fazendo com o que o Brasil tivesse o saldo de 12 milhões de desempregados ao final de 2021, segundo dados do IBGE.

Quando combinadas a quantidade de pessoas fora do mercado de trabalho com a baixa oferta de vagas de emprego, causada pela recessão, o resultado é que profissionais de diversas áreas enfrentam grandes dificuldades para se reinserir. 

A vida pessoal desses trabalhadores também é fortemente impactada pelo desemprego. Além de comprometer o lado financeiro, estar fora do mercado pode levar a consequências como baixa autoestima, mal-estar psicológico e até mesmo depressão.

Do outro lado, as empresas também são impactadas pelo desligamento de funcionários. Essa movimentação tem efeitos diretos no time, que enfrenta a tensão da incerteza e a falta dos colegas de trabalho modifica o clima organizacional.

O que é outplacement e como implantar na empresa

Essa sensação de insegurança entre os colaboradores é uma das piores coisas que podem acontecer. Além do medo de perder o emprego, o sentimento de que a empresa não se importa com seus funcionários pode surgir, levando à desmotivação e à queda na produtividade.

Seja porque o funcionário não se encaixa mais no perfil que a empresa precisa ou por razões financeiras e reestruturações, muitas vezes o desligamento é inevitável. 

E é neste momento que o outplacement pode fazer toda a diferença na vida do ex-colaborador e também para a imagem da sua organização.

Mas o que significa outplacement e como aplicá-la? Saiba mais!

O que é outplacement?

O outplacement é um conjunto de estratégias que têm como objetivo auxiliar os profissionais desligados no processo de recolocação no mercado de trabalho. 

A ideia é capacitar esses trabalhadores e ajudá-los a entender o que buscam nessa nova etapa da carreira, como identificar boas oportunidades, estruturar um bom currículo, como se portar em entrevistas de emprego, etc.

Muito além de um auxílio profissional, o outplacement é também um processo de autoconhecimento que oferece o apoio emocional que o colaborador precisa para seguir com motivação e confiança em suas próprias habilidades e competências.

Algumas das atividades desenvolvidas dentro dessa estratégia são cursos, treinamentos, palestras, workshops e outros conteúdos sobre a área de atuação do trabalhador e sobre o mercado de trabalho em geral. 

Algumas empresas podem, ainda, auxiliar o ex-colaborador a encontrar vagas de acordo com o seu perfil e também com a inscrição em processos seletivos.

Quais as vantagens de aplicar o outplacement em sua empresa?

Se você tem uma empresa ou atua no setor de RH, contratações e demissões fazem parte de sua rotina e nada melhor do que deixar o processo menos desconfortável tanto para a organização, quanto para o colaborador.

Dados de empresas que prestam serviços de outplacement indicam que colaboradores que passam por esse treinamento têm mais chances de se reinserir rapidamente no mercado de trabalho do que aqueles que não recebem tal acompanhamento. 

Para a organização, essa estratégia proporciona uma melhora no clima organizacional, já que os colaboradores enxergam que a empresa teve todo o cuidado para humanizar o máximo possível o processo de desligamento. 

Com isso, os funcionários se sentirão mais confiantes e confortáveis apesar dos impactos negativos que uma demissão – ou demissões em massa – podem ter na equipe.  

A imagem externa da corporação também é beneficiada, uma vez que boas práticas tendem a ser reconhecidas não apenas pelos funcionários, mas por clientes, fornecedores e até mesmo pela concorrência e podem se tornar cases de sucesso a serem replicados. 

Boas práticas também ajudam a atrair os melhores profissionais, que passam a enxergar a empresa como um bom lugar para trabalhar, o que tem impacto altamente positivo na organização. 

Embora seja um investimento, além do bom retorno para a imagem da marca, o outplacement ainda ajuda a reduzir processos trabalhistas, que representam um impacto muito forte no setor financeiro da empresa. 

Ao adotar essa estratégia, as relações de trabalho tendem a acabar de forma amigável, o que evita embates judiciais. 

Passo a passo para o outplacement

É preciso se planejar para implementar o outplacement. Não basta apenas reunir materiais que não farão sentido de fato para o colaborador desligado. 

Em primeiro lugar, é preciso fazer um bom planejamento para essa demissão, que precisa ser individualizada e pensada de acordo com o perfil de cada um. Pense no que será dito para esse profissional e como a empresa poderá efetivamente ajudá-lo.

Não minta. Se o profissional será dispensado por baixa performance, não diga que foi por cortes de gastos. É importante deixar claros os motivos até mesmo para que esse trabalhador possa reconhecer suas falhas e melhorá-las.

Somente após planejar esse momento, anuncie a demissão, apenas para o colaborador, sem exposições desnecessárias. Tire as dúvidas que ele possa ter e seja claro quanto aos seus direitos e quais deveres a empresa ainda tem para com ele.

Após isso, apresente a estratégia de outplacement traçada para o ex-funcionário e debata possíveis questões que possam aparecer. O funcionário precisa ser ativo nesse momento para que o processo seja devidamente assimilado e humanizado.

Que tal incorporar essa prática em sua empresa? Os benefícios são muitos e a marca e a equipe só têm a ganhar! 

Ideias e Finanças

Ideias e Finanças

O Ideias e Finanças tem como propósito levar a informação a respeito de empreendedorismo e finanças para pessoas de todo o Brasil

Outros artigos

Você pode ter interesse em:

Energia Solar para Empresas

Energia Solar para Empresas

O que é o salário maternidade? Como conseguir?

O que é o salário maternidade? Como conseguir?

Empreender com produtos de limpeza e higiene

Empreender com produtos de limpeza e higiene

Seu empreendimento. Você está pronto?

Seu empreendimento. Você está pronto?

Inteligência Emocional e o seu Crescimento Profissional

Inteligência Emocional e o seu Crescimento Profissional

Saia da era das planilhas eletrônicas

Saia da era das planilhas eletrônicas