Tirando o pé da jaca

Ano novo, vida nova, site novo, coluna nova. Vou estrear aqui no Blog Ideias & Finanças minhas anotações semanais.

Tirando o pé da jaca

Anotações de que? Bom, vamos explicar isso aqui então. Eu, amigo do pessoal aqui do blog, pedi umas dicas para atingir meus objetivos de 2020. Em troca, todas as semanas eu vou postar um texto aqui dizendo como está sendo executado o planejamento do mesmo. Coisa idiota não acham? Bom, eu achei. Mas o pessoal curtiu a ideia. Então vamos lá! O nome da coluna e dos títulos é ideia minha, e se mudarem algo aqui eu paro de escrever. Quem sou eu? Não interessa. O importante é que estou mostrando como é planejar e executar um planejamento financeiro. Trabalho como consultor de implantação e sou casado – desculpe-me meninas. A renda mensal aqui em casa gira na faixa de R$ 2,4 mil, mas como não somos organizados a coisa não anda. Por isso pedi uma ajuda pro pessoal aqui.

Bom, tudo começa com a virada do ano. Feliz 2020 para vocês. Pronto. Agora vamos tentar ajeitar minha vida. Em 2012 minha vida começa de uma maneira inovadora: Estou em um novo emprego. Para melhorar minha vida, resolvi que preciso criar uma reserva financeira para emergências e também poupar para ter uma vida melhor – O Maico Sullivan vem com essa ideia de liberdade/independência financeira, eu quero dinheiro pra viver bem. O meu segundo objetivo é emagrecer, ai eles falaram que não podem me ajudar. Problema meu então.

Já de cara, me falaram que eu tenho apenas uma ideia do que quero, mas que isso ainda não é um objetivo. Quero ficar rico! Isso é meu objetivo! O que está errado? Bem, eu não sei. Mas o pessoal me disse que preciso melhorar a coisa. Quero uma reserva para segurança. Qual o valor disso? Não sei! Ai entra os “profissa”.

A ideia que me passaram foi: juntar uma reserva que garantisse pelo menos 6 meses de tranquilidade – Quê?! Seis meses! Quanto tempo vai levar para juntar isso?! Bom, o pessoal já começa a adiantar aqui o seguinte: para esse tipo de reserva, o ideal é a liquidez. Neste caso (e também levando em consideração que eu não posso poupar muito) o melhor investimento será a poupança.

Mas espere! Essa ai não foi a primeira parte do negócio todo! Volta, volta. A primeira coisa que fizemos de verdade foi anotar minhas despesas e receitas. É verdade, foi isso mesmo. Passamos um bom tempo anotando tudo o que eu devia – de financiamentos ao cartão de crédito. Anotamos tudo! E descobri que estou ferrado. É, eu devo muito. NÃO! Não que eu gasto mais que ganho. É que tenho muitos empréstimos no longo prazo (eu falando igual esses malas aqui no blog). Show. O que eu devo tá no papel e o que ganho também. Para facilitar minha vida, fizeram uma planilha no Excel.

Em relação as minhas despesas com empréstimos, foi sugerido tentar pagar as despesas de trás para frente – segundo o Sullivan eu irei pagar menos juros fazendo isso. E o mais importante: chega de empréstimos, chega de cartão de crédito – mentira, mas isso eu explico depois. Se eu conseguir escrever algo, vocês vão ficar sabendo. Agora eu tenho que ir preparar a festa de réveillon. FUI!

Ideias e Finanças

Ideias e Finanças

O Ideias e Finanças tem como propósito levar a informação a respeito de empreendedorismo e finanças para pessoas de todo o Brasil

Outros artigos

Você pode ter interesse em:

O que é outplacement e como implantar na empresa

O que é outplacement e como implantar na empresa

Você tem um perfil empreendedor? Saiba por onde começar

Você tem um perfil empreendedor? Saiba por onde começar

Seu empreendimento. Você está pronto?

Seu empreendimento. Você está pronto?

Como gerenciar os preços da minha empresa?

Como gerenciar os preços da minha empresa?

Quais as principais skills da Alexa na área de Negócios e Finanças

Quais as principais skills da Alexa na área de Negócios e Finanças

Responsabilidade Ambiental: Impor ou Conscientizar?

Responsabilidade Ambiental: Impor ou Conscientizar?